“Tudo que acontece uma vez poderá nunca mais acontecer, mas tudo o que acontece duas vezes, certamente acontecera uma terceira.” ~ Paulo Coelho
Use: Itálico, Negrito, Riscado e Sublinhado
paulaferfer:

“Gritar é sussurrar no meio de milhões de pessoas falando. É o mesmo que não ter voz para falar o que tem que ser dito. Não adianta. As pessoas que estão em sua volta não ligam, não irão te ajudar. Se você cair, tem que levantar. Se você ficar triste, tem que se abraçar. Se sentir só, olhe para o divino céu e veja que há Alguém que reserva um dia certo para que tudo fique bem, pode ser hoje, pode ser amanhã, pode ser outro dia, mas não depende só Dele, basta você não se prender a essa dor que te devasta por inteiro e te faz ser um refugiador. Gritar não tem significância, assim como guardar sua dor num cofrinho e ir acumulando cada vez que tem uma. Não chore hoje que nem ontem. Sorria para você no espelho e veja que há alguém que não merece essa sua dor. Aquela vida rotineira não está mais nos cardápios. Dance na chuva, grite quando estiver silêncio, durma no chão e não concorde com tudo. Não deixe sua rotina igual, faça algo diferente, invente uma música, crie brincadeiras, faça um texto, leia jornal, tome um chocolate quente e deixe o passado lá no lugarzinho dele. Assista um filme de terror, pule de buggie jumping, faça uma maquiagem diferente, use uma roupa com outras cores, invés de ficar quieta fique rindo de tudo. Abrace sua mãe, brique com seu pai e seus irmãos, - porque nunca se sabe o dia de amanhã - arrume seu quarto do jeitinho que gosta, ironize algumas coisas, seja séria em algumas situações e na maioria das vezes descontraída, faça o que tu gosta; mude a cor e o tamanho do seu cabelo, pinte sua unha com uma cor estranha. Vá praticar algum esporte, conhecer gente nova. Ligue para aquela sua amiga que tem saudade, suavize sua vida. Chore quando tem que chorar, desabafe o que está a séculos na sua garganta. Não se importe com o que os outros vão dizem, faça o melhor pra si. Compre aquilo que realmente vai usar, conte tudo para sua mãe ou alguém que pode se confiar. Saia com quem te faz bem, faça todos rirem com suas piadas mesmo que sem graça, isso é um remédio. Tristeza? Solidão? Dor? Não tem mais, desde o momento que você olha ao seu redor e percebe o quanto você é feliz e nada te falta, desde o momento que descobre que não depende dos outros para ser feliz, depende de você. Claro, não podemos ser felizes sozinhos, mas temos de viver com nossas opiniões e nossos gostos, sem ninguém atrapalhar, sem ninguém dar palpite ou mandar nosso sorriso pescar peixinho e acabar sendo a iscar.” —  Paula Férfer

paulaferfer:

Gritar é sussurrar no meio de milhões de pessoas falando. É o mesmo que não ter voz para falar o que tem que ser dito. Não adianta. As pessoas que estão em sua volta não ligam, não irão te ajudar. Se você cair, tem que levantar. Se você ficar triste, tem que se abraçar. Se sentir só, olhe para o divino céu e veja que há Alguém que reserva um dia certo para que tudo fique bem, pode ser hoje, pode ser amanhã, pode ser outro dia, mas não depende só Dele, basta você não se prender a essa dor que te devasta por inteiro e te faz ser um refugiador. Gritar não tem significância, assim como guardar sua dor num cofrinho e ir acumulando cada vez que tem uma. Não chore hoje que nem ontem. Sorria para você no espelho e veja que há alguém que não merece essa sua dor. Aquela vida rotineira não está mais nos cardápios. Dance na chuva, grite quando estiver silêncio, durma no chão e não concorde com tudo. Não deixe sua rotina igual, faça algo diferente, invente uma música, crie brincadeiras, faça um texto, leia jornal, tome um chocolate quente e deixe o passado lá no lugarzinho dele. Assista um filme de terror, pule de buggie jumping, faça uma maquiagem diferente, use uma roupa com outras cores, invés de ficar quieta fique rindo de tudo. Abrace sua mãe, brique com seu pai e seus irmãos, - porque nunca se sabe o dia de amanhã - arrume seu quarto do jeitinho que gosta, ironize algumas coisas, seja séria em algumas situações e na maioria das vezes descontraída, faça o que tu gosta; mude a cor e o tamanho do seu cabelo, pinte sua unha com uma cor estranha. Vá praticar algum esporte, conhecer gente nova. Ligue para aquela sua amiga que tem saudade, suavize sua vida. Chore quando tem que chorar, desabafe o que está a séculos na sua garganta. Não se importe com o que os outros vão dizem, faça o melhor pra si. Compre aquilo que realmente vai usar, conte tudo para sua mãe ou alguém que pode se confiar. Saia com quem te faz bem, faça todos rirem com suas piadas mesmo que sem graça, isso é um remédio. Tristeza? Solidão? Dor? Não tem mais, desde o momento que você olha ao seu redor e percebe o quanto você é feliz e nada te falta, desde o momento que descobre que não depende dos outros para ser feliz, depende de você. Claro, não podemos ser felizes sozinhos, mas temos de viver com nossas opiniões e nossos gostos, sem ninguém atrapalhar, sem ninguém dar palpite ou mandar nosso sorriso pescar peixinho e acabar sendo a iscar. —  Paula Férfer


Photo postado em 29/07/2013 às 5:29pm | 1,915 notes | (reblogue this!)

Você é a unica pessoa que eu voaria cinco mil quilômetros para ver.

50 Tons mais escuros (via paulaferfer)

(Source: te-reencontra, via paulaferfer)


Quote postado em 29/07/2013 às 5:22pm | 63,728 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 25/07/2013 às 7:35pm | 5,210 notes | (reblogue this!)

Você só sabe aonde a sua fé vai quando ela for testada.

— As Aventuras de Pi (via paulaferfer)

Quote postado em 25/07/2013 às 7:35pm | 84 notes | (reblogue this!)

(Source: pretextar, via paulaferfer)


Photo postado em 25/07/2013 às 7:35pm | 1,620 notes | (reblogue this!)

Eu me lembro da primeira vez que te vi. Eu nunca tinha visto nada tão perfeito. Me lembro de pensar que precisava de você ou morreria. E então você sussurrou que me amava, eu me senti tão em paz e seguro, porque eu soube que fosse o que fosse, daquele dia em diante nada poderia ser tão ruim porque eu tinha você.

17 Outra Vez (via aprendizdepoeta)

(Source: versificar, via paulaferfer)


Quote postado em 25/07/2013 às 7:29pm | 46,865 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 3/06/2013 às 1:04pm | 713,970 notes | (reblogue this!)
paulaferfer:

Richard Parker

paulaferfer:

Richard Parker

(Source: wolf-teeth)


Photo postado em 3/06/2013 às 1:02pm | 235,413 notes | (reblogue this!)

Mania de jogar o cabelo pro lado. Mania de sorrir quando sente alguém olhando demais. Mania de coçar os olhos e olhar o visor do celular como se houvesse chegado alguma coisa e não viu. Mania de estudar escutando música e revirar os olhos sempre que escuta, ouve ou vê alguma bobagem. De sorrisos, de olhares, de vozes e cheiros. Mania de achar que nem tudo é aquilo que se vê. De imaginar situações com quem nunca viu e se arrepiar, sorrir, se desesperar por isso. Mania de fechar os olhos antes de dormir e te desejar boa noite em pensamento, dorme bem, sonha comigo, te quero muito e bem.

Caio Fernando Abreu (via paulaferfer)

(Source: beocio, via paulaferfer)


Quote postado em 3/06/2013 às 1:01pm | 45,211 notes | (reblogue this!)


Vídeo postado em 3/06/2013 às 1:00pm | 5,662 notes | (reblogue this!)
Página 1 de 4424 1 2 3 4 5 6 »